Aqui explicamos tudo o que é necessário para para abrir empresa em Goianésia. Confira!

O processo de abrir empresa em Goianésia, assim como em todas as cidades brasileira, exige diversas etapas que o empreendedor deve ter conhecimento para obter sucesso e conseguir tirar seu CNPJ. Por isso, abaixo listamos alguns deles. Confira!

Planejamento antes de tudo

Antes de seguir para os primeiros passos para legalizar sua empresa, você deve ter em mente que o planejamento será fundamental.

 Isso porque por meio dele você saberá o que esperar do mercado no qual quer atuar, saberá se sua ideia tem viabilidade no mercado e ainda desenvolverá um plano de negócios que permitirá trabalhar para o sucesso da empresa em longo prazo. Sendo assim, nossa recomendação é que você:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é abrir-empresa-em-Aguas-Lindas-de-Goias.jpg

Qual será a natureza jurídica da sua empresa?

A natureza jurídica de uma empresa sua define a estrutura e modo de funcionar. Ela será fundamental para que você possa escolher o regime tributário no qual será enquadrado. Sendo assim, é essencial conhecer as opções. Algumas delas são:

Microempreendedor Individual (MEI)

Desenvolvido para trabalhadores autônomos que querem se legalizar, o MEI só pode ser constituído por uma pessoa. Além disso, deve ter um faturamento máximo de até R$ 81 mil por ano.

Empresário Individual (EI)

Já o empresário individual é recomendado para empreendedores solos com faturamento anual do empresário individual pode chegar até R$360 mil.

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli)

A Eireli é recomendada paraempresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Mas é preciso mencionar que o empreendedor precisará de uma capital social de até 100 salários mínimos. Neste caso, não há limite de faturamento.

Sociedade Limitada Unipessoal

A Sociedade Unipessoal é recomendada para empresários sem sócios. Não precisa de um capital mínimo e não terá seu patrimônio pessoal comprometido em caso de prejuízo da empresa.

Sociedade Limitada

Recomenda para empresas que reúnemdois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial.

Defina o regime tributário da sua empresa

O regime tributário definirá os direitos e deveres da as empresa perante a lei. Novamente, o empreendedor deve entender quais são as opções disponíveis. No Brasil, há três regimes. Veja como funciona como um deles.

  • Lucro Presumido

Este regime visa uma tributação simplificada. Ela é feita com uma determinação da base de cálculo do Imposto de Renda – IRPJ. O regime conta com uma porcentagem de arrecadação de imposto de 16%.

  • Lucro Real

O lucro real visa uma apuração do Imposto de Renda (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) da pessoa jurídica.

Ele é um regime geral, mas é o mais complexo, pois os impostos são determinados por meio do lucro contábil, apurado pela pessoa jurídica, acrescido de ajustes (positivos e negativos) solicitado pela legislação fiscal.

  • Simples Nacional

O Simples Nacional atua como um regime compartilhado, ou seja, toda a arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos são aplicáveis às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

Desenvolva um contrato social e vá até a junta comercial

O primeiro procedimento para abrir uma empresa é reunir a documentação e fazer o registro da empresa na Junta Comercial. Você deverá apresentar uma série de documentos e formulários como:

  • 3 vias (no caso de empresário, 4 vias) Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual ou Estatuto;
  • 1 via do FNC (Ficha de Cadastro Nacional) modelo 1 e 2;
  • 1 via do Requerimento Padrão (Capa da Junta Comercial)
  • Documentos requisitados acima;
  • Pagamento de taxas por meio de Guia de Recolhimento (JC) e DARF (CNE).

Assim que aprovado, você receberá o NIRE (Número de Identificação do Registro de Empresa), contendo o número fixado no ato constitutivo, feito pela Junta Comercial ou Cartório.

CNPJ

Já com o NIRE em mãos, é necessário seguir para o registro da empresa como contribuinte. Ou seja, obter o número do seu CNPJ.

Todo esse processo é feito na Receita Federal, pela internet ou presencialmente. Se preferível de maneira física, é necessário apresentar alguns documentos, que podem ser entregues no ato ou por Sedex para a Secretaria da Receita Federal.

Vale lembrar que Microempreendedores Individuais não precisam seguir esse procedimento. Os MEIs podem fazer a solicitação do CNPJ de maneira automática pelo Portal do Empreendedor.

Faça suas Inscrições

Existem algumas inscrições que devem ser feitas com a prefeitura ou governo do estado. No entanto, tudo depende do tipo de atividade que sua empresa exercerá. Por isso, o recomendado é contar com a ajuda de um contador. Ele saberá exatamente quais inscrições sua empresa precisará.

Única Contábil: o escritório especializado em abrir empresa

Agora que você já sabe como abrir empresa em Goianésia, saiba que a Única Contábil é perfeita. A empresa atua com uma contabilidade completa e de excelência para seu negócio.

Atuando no mercado desde 1997, a Única conta com tecnologia de ponto e profissionais altamente qualificados.

A empresa atua com células segmentadas, o que permite criar uma pessoalidade no atendimento dos contadores e ainda colabora para tomada de decisão rápida e totalmente alinhadas aos objetivos empresariais dos clientes.

Entre em contato com um dos nossos consultores e solicite seu orçamento de maneira rápida para abrir empresa em Goianésia.

Compartilhe!